Frejat segue em trilho confortável no álbum 'Ao redor do precipício'

Resenha de álbum

Título: Ao redor do precipício

Artista: Frejat

Gravadora: Edição independente do artista

Cotação: * * *


♪ Há sutis renovações

na discografia solo de Roberto Frejat ao longo das 13 faixas do álbum Ao redor do precipício, lançado nesta quinta-feira, 4 de junho, pelo cantor, compositor e guitarrista carioca.


Contudo, nem a mistura da pulsação frenética do funk de 150 BPM com as guitarras que resultou em Batidão – tema instrumental assinado pelo artista carioca com Kassin, Humberto Barros, Leonardo Reis, Maurício Negão e Pupillo – consegue configurar real avanço na obra fonográfica solo do artista projetado nos anos 1980 como integrante da banda carioca Barão Vermelho.

Tampouco o suingue nordestino gerado pelo sopro das flautas de Carlos Malta na gravação de E você diz – inusitada parceria de Frejat com Jards Macalé e Luiz Melodia (1951 – 2017) – criam aura de inovação a ponto de fazer o álbum Ao redor do precipício se distanciar substancialmente dos três álbuns anteriores da discografia solo do artista.

Detectada nas ideias que geraram a arquitetura eletrônica de Planetas distantes, parceria de Frejat com Dulce Quental que versa sobre a dicotomia temperamental de casal, a presença de Kassin no time de produtores do disco – formando quarteto com Humberto Barros, Maurício Negão e o próprio Frejat – soa discreta. Com a ressalva de que foram Humberto e Frejat que efetivamente deram forma à faixa Planetas distantes.


No todo, Frejat permanece em zona confortável ao longo do disco Ao redor do precipício, quarto álbum solo autoral do artista, o primeiro de músicas inéditas desde Intimidade entre estranhos (2008), disco lançado já 12 anos. A opção pelo conforto em si jamais depõe contra o disco.

A questão reside na qualidade oscilante da safra autoral apresentada pelo artista em Ao redor do precipício, álbum anunciado em março com single em que Frejat apresentou a gravação inédita de Pergunta urgente, canção sobre impasses afetivos e existenciais de autoria do compositor gaúcho Luis Nenung, lançada pelo autor zen-budista no ano passado, no disco Incendeia tua aldeia (2019).

Gravada por Frejat com a adesão de Ritchie nos vocais, Pergunta urgente é a única das 13 músicas do álbum Ao redor do precipício sem a assinatura do dono do disco. As demais foram sendo amealhadas por Frejat quando, convencido por amigos que lhe cobravam um álbum após série de singles avulsos, o cantor decidiu entrar em estúdio para formatar álbum com músicas que vinha compondo nos últimos anos. fonte;G1



Categoria:Intretenimento

Deixe seu Comentário