Anavitória anuncia projeto com 7 lives por R$ 95, revolta público e tenta se explicar

Enquanto sertanejos e outros artistas batem recordes de público em lives gratuitas para arrecadar donativos durante a pandemia do novo coronavírus, o duo revoltou parte do público ao lançar um projeto (clique aqui e conheça detalhes da iniciativa) no qual cobra R$ 95 por sete lives sobre os bastidores da equipe que trabalhou na turnê “O Tempo é Agora”.

 

“Levando em consideração que atividades com aglomeração de pessoas devem ser as últimas a voltar ao normal, muitos dos profissionais da nossa área ficarão sem trabalhar por tempo indeterminado. Como o show não deve parar, chamamos parte da equipe responsável pela produção dessa turnê para compartilhar um pouco das histórias de bastidores. Vamos conversar de tudo um pouco: Desde noções básicas sobre como levar um show para a estrada até curiosidades e detalhes técnicos de toda a estrutura”, detalham sobre o projeto, que consiste em sete encontros diários ao longo de uma semana, a partir de 13 de maio, sempre às 17h. Seis das lives serão com os profissionais que trabalharam na turnê e a última será com Ana Caetano e Vitória Falcão e exibirá pela primeira vez um show realizado em março do ano passado na Fundição Progresso, no Rio de Janeiro. “100% da arrecadação com as inscrições será destinada aos profissionais convidados a compartilhar seus conhecimentos nesses encontros”, informam.

 

A notícia caiu como uma bomba para muita gente. "A live deveria ser para acalentar o coração, dar um momento aos que estão em casa, cobrar e nesse cenário em que estamos tira de vcs todo o brilho… Faço votos que não apareça ninguém", comentou uma seguidora. “De graça já é caro... Esse é o caráter da turma da lacração… O filme já é uma bosta imagina isso ao vivo. Paga aí bando de trouxa… 95 pila pra ver isso”, disse um hater. “Gente,tô chateado com vocês cobrarem 100 em uma live. Vocês estão loucas ou que? Estamos em época de coronavírus e aonde consequentemente o desemprego vai aumentar, acho que vocês nunca passaram fome por isso tão cobrando este absurdo”, avaliou uma fã.

 

Com a enxurrada de críticas, as cantoras gravaram uma série de stories no Instagram para tentar desfazer a polêmica e explicaram que o projeto é uma coisa distinta das transmissões ao vivo que tem sido feita por outros artistas. "Hoje a gente veio bater um papo com vocês sobre uns assuntos que se atravessaram aí", disse Ana, anunciando que em seguida viriam muitos stories para tratar do tema. "Eu e a ana estamos quarentenando juntas tem quase um mês, e desde quando a gente entendeu todo esse processo que estava acontecendo e decidiu vir pra uma casa juntas a gente começou a trocar ideia, como acho que está todo mundo fazendo em suas casas, entendendo o que é esse momento e o que é legal de fazer e não é legal de fazer. E não só nas nossas próprias vidas, mas dentro do próprio trabalho. Vocês viram que a gente lançou uma música e isso foi também um movimento desse pensamento e que continuamos pensando em outras maneiras de se reinventar e fazer tudo por aqui”, contextualizou Vitória, citando a música "Me Conta da Tua Janela", lançada no dia 17 de abril, e que elas prometem reverter 100% do pagamento dos direitos autorais para os profissionais autônomos da indústria do entretenimento ao vivo, impedidos de voltar a trabalhar até que as aglomerações voltem a ser permitidas. 

 

“A gente está vendo a movimentação de vocês que estão ferrenhos pedindo live. A gente quer muito fazer uma live, só que existe todo um processo pra que uma live aconteça e eu nao sei se vocês sabem disso, mas toda live tem um custo. Ela chega gratuita pra quem está em casa, mas tem alguém por trás, normalmente os artistas que a gente está assistindo têm se associado a marcas que bancam toda parada pra que vocês consigam assistir. E a gente está nesse processo de negociação, de entender como vai se dar, enfim, e a gente não quis dividir nada ainda porque a gente ainda não tem data, não tem nada certo, mas vai acontecer em algum momento”, explicou Ana, garantindo que, além do projeto com ingressos a R$ 95, elas ainda farão um live show para os fãs. Fonte Bahia Notícias 

Categoria:Cultura

Deixe seu Comentário